segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Um pouco de todo lugar no VareKai

Por Lucas Lima
Imagens: Divulgação

Não basta a um restaurante oferecer boa culinária. É preciso ir além. Entre a Herculano Bandeira, no Pina, e a Rua Baltazar Pereira, Boa Viagem, por exemplo, o que não falta é opção. A maioria, oficialmente, para um público que já circula pelo roteiro gastronômico recifense, e sabe diferenciar o joio do trigo. A Galeria Joana D’arc, no Pina, pode ser um microcosmo disso, com a maioria dos estabelecimentos consolidados e uma nova promessa recém-inaugurada.

Com projeto da arquiteta Maria do Loreto e objetos de decoração garimpados pelo mundo [tudo à venda, segundo consta no cardápio], o VareKai [em todo lugar, em dialeto cigano] é uma boa surpresa. Pensado por jovens, o bistrô tem cara de verdadeiro empreendimento, com todos os detalhes essenciais para um bom funcionamento no lugar, diferente dos muitos que abrem para faturar e vão deixando o resto para depois. Bom também a divulgação via Twitter, com promoções constantes e atualização das novidades.

O bistrô oferece uma culinária cosmopolita, por causa das experiências dos chefs Thiago Arnaud e Paloma Lins. Ele por países do oriente e da América do Sul, ela pela Europa e América do Norte. Há também um pouco de misticismo, exemplificado nos drinks dos zodíacos, preparados de forma diferente a cada semana, de acordo com o mapa astral de cada signo. O meu [gêmeos], por exemplo, foi feito semana passada com acerola. O da minha mãe [escorpião] com uvas.

No menu, são cerca de 35 opções, entre entradas, saladas, pratos principais e sobremesas. Para conhecer um pouco de tudo, indico o menu confiance [R$ 55], que serve, tranquilamente, duas pessoas. Eu por exemplo, experimentei, para começar, bruschettas italianas e o nacho pernambucano, com carne moída, feijão e um pouco de pimenta. Como minha mãe não está comendo carne, veio como acompanhamento do último uma pasta de gorgonzola.

Perdi o papel com o nome exato do prato principal, mas lembro que era um risoto de moqueca com a tal pasta de gorgonzola por cima, filé de tilápia com um molho bem gostoso e uma espécie de purê com queijo do reino. Para acabar, torre de bolo de rolo com sorvete de creme e uma calda de goiaba. Antes de preparar tudo, Thiago conversa com o cliente para saber os ingredientes que não podem ser utilizados de jeito nenhum, para não ter problemas. E não tem mesmo, garanto. O único é se viciar.

Serviço
Av. Herculano Bandeira, 513, Pina – Recife/PE
Horário de funcionamento: terça a domingo a partir das 19h o bar e das 20h a cozinha
Fone: (81) 3465.0335
Aceita Visa, Master e Hiper

Um comentário:

Symone disse...

Olá, Lucas :)
Perfeito o seu texto! Escrito com uma simplicidade e harmonia surpreendente...Parabéns!! Fico feliz mesmo que tenha sido uma experiência especial pra você\o/
Abraços e apareça sempre!
Symone Travassos