quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Cajá nada inofensivo

Por Eliza Brito
Imagem: Cacimba de Letras

Simpático e jovial, tio Gilson parece mesmo “conservado na cachaça”. Apaixonado pela famosa “caninha”, ele se mudou para Porto de Galinhas há sete anos, onde começou a vender coquetéis de frutas por puro hobby. Hoje, já possui mais de vinte tipos da bebida e uma clientela extremamente fiel.

Eu fui conferir as delícias, mas fiquei tão encantada com a cachaça de cajá [R$ 1,50 a dose], que parei por aí. Doce e concentrada, a bebida tem cheiro e gosto de suco de cajá, com um leve sabor de álcool. Para ficar mais saborosa, deve ser tomada bem gelada, o que a torna refrescante e ainda mais tentadora.

Depois de uma boa caminhada na praia, nada como uma cachaça de cajá geladinha do tio Gilson para recompor as energias. Só cuidado para não exagerar, porque ela não é, nem de longe, inofensiva como parece.

Serviço
Rua Esperança, 25 – Porto de Galinhas
Fone: (81) 8672.7464
Horário de Funcionamento: segunda a segunda, das 10h às 22h
Aceita cartão Visa

Um comentário:

mari. disse...

Lizinhaa... ADORO TIO GILSON.. ele eh uma simpatia.. MEninaa.. já me embreaguei muito com as cachaças de suco dele... POXA! Momento nostalgia!

Tenho uma pautinha pra vocês... ahaha.. lá em São José! Vamos passar um fds lá.. topas?! Um francês abriu uma creperia numa parte da praia que é quase deserta.. e um cozinheiro que mainha apelidou de "Princeso".. faz uma comidinha num boteco à beira-mar .. de comer rezando (por sinal.. luci esteve lá no fds!)..

beijo!