segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Seu Microfone e o Mercado de São José

Por Lucas Lima
Imagem: Samara Fernandes

Não consegui entrevistar o personagem principal desse texto. Seu Microfone, 84, um dos ícones do Mercado de São José. Mesmo assim, tento escrever a partir das minhas recordações sobre o senhor que me deixou encantado com suas histórias há uns cinco anos.

Da primeira vez que conversei com ele, tive uma aula sobre a história do mercado, ouvi trechos de Os Lusíadas, de Luis de Camões, soube de toda a sua história. Baixo, disse ter servido ao exército. E conta que o apelido surgiu por causa de sua loquacidade.

Em seu box, o 409, não se vê mais os pratos que custavam entre R$ 2,50 e R$ 4. Só bebida. Seu Microfone também não fica tanto tempo atrás do balcão. Das três vezes que tentei encontrá-lo, ele estava passeando pelo mercado. Enquanto isso, seu sobrinho, Marcos Leite, 54, fica a cargo de manter a tradição que ainda perdura no local.

Não encontrei Seu Microfone, e talvez tenha sido um alívio, porque sempre quis presenteá-lo com o tal Os Lusíadas e nunca tive coragem. O motivo? Medo da reação do senhor que só em falar do livro fica com os olhos cheios d’água. Mas enfim. Fica a ponta de felicidade por saber que ele ainda está lá, no mesmo mercado que o fez famoso. E continuará respirando sua história, até mesmo quando ele não está lá para contar.

Serviço
Praça Dom Vital, box 409, no Bairro de São José – Recife

Um comentário:

Falando Honestamente disse...

Microfone teria feito uma festa se recebsse o presente acredite. Eu o conheço. kkkk Parabéns por lembrar e contar a nossa história