quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Cachaça na terra de Elba Ramalho

Por Eliza Brito
Imagens: Cacimba de Letras

Conservado na cachaça. Assim acredita "Ceará", o senhor de 71 anos que há dez produz a cana de coco. Saborosa e menos "ardente", a receita da bebida consiste em retirar a água do coco e colocar, no lugar dela, a cachaça pura - aquela dos engenhos, que não passa por processos industriais. O resultado, que custa R$ 10 o litro, vem conquistando paraibanos e visitantes de Areias (PB), também conhecida como a cidade da cachaça.
.
Município brejeiro, Areias tem uma vista maravilhosa, mas o que movimenta a alegria local é mesmo a aguardente. Por ser uma cidade cercada de engenhos, a cachaça do lugar tem qualidade garantida e preço mais do que acessível. Dois litros da bebida pura, por exemplo, pode sair a R$ 5.

Que a terra da entusiasmada Elba Ramalho tem muitos atrativos turísticos e culturais, todo mundo sabe. E conhecer as delícias de Areias aproveitando o clima ameno do local pode ser o mais saboroso deles.

3 comentários:

Juliana Sampaio disse...

Elisa, querida, quero só enfaztizar com vocês do Cacimba de Letras que a terra de Gonzagão é Exu, munícipo do alto sertão pernambucado, distante 630 km do Recife, e não o munícipio de Areias, no interior paraibano.
Gonzaga é pernambucano e não paraibano.
Beijos.

Cacimba de Letras disse...

Juliana, desculpe a ignorância!!!!!!!
Vou editar isso!:)
Beijos,
Eliza

mari disse...

Deu vontade de provar a cachaça e conhecer o lugar!!!

:**